O Poder dos Juros Compostos e dos Aportes

by - novembro 20, 2018

Um dos maiores erros dos iniciantes nos investimentos, se não o maior, é focar demais na rentabilidade do seu portfólio.

Aí vocês me perguntam: Como assim? Quanto maior o retorno melhor, correto? Em partes, sim.

O que acontece com a grande maioria das pessoas que estão iniciando nos investimentos, é que elas concentram seus esforços na busca por aplicações que rentabilizem melhor sua carteira, e acabam fazendo um acompanhamento desnecessário, tomando assim boa parte do seu tempo, e consequentemente limitando sua capacidade de aporte.

O que te deixa rico é tempo e aporte, e aí entra outro ponto importante nessa caminhada: os juros compostos.




No gráfico acima, temos o exemplo do Investidor A, que aportou menos a uma taxa de juros maior, e o Investidor B, que conseguiu ter uma poupança mensal maior, porém com um rendimento menor.

Com o passar dos anos, os juros compostos vão exercendo seu papel e aumentando a bola de neve. Quanto maior o tempo e a sua capacidade de ganhar mais e poupar para investir, maior será seu patrimônio ao longo de determinado período. Não existe “milagre” no mundo dos investimentos.

No início dessa trajetória, a rentabilidade de sua carteira irá ter menor importância, e os aportes irão acelerar todo o processo. Já ao atingir seu objetivo o processo se inverte, e a rentabilidade acaba se tornando o fator mais relevante.
Albert Einstein já dizia; "Os juros compostos são a oitava maravilha do mundo." Use-o ao seu favor, tenha paciência e trace metas.

Comecei a investir esse ano, meu objetivo é aportar de R$20.000,00 a R$25.000,00 anuais (em média 2.000,00), e aos poucos ir corrigindo o valor pela inflação. No momento é o que consigo investir mensalmente, meu salário é de 2k no meu emprego atual, e faço alguns bicos nas horas vagas como complemento de renda. Procuro cortar bastante meus gastos e economizar nas despesas pessoais do dia a dia.

Em resumo: trabalhe duro, comece a investir cedo, se qualifique para ganhar mais, poupe o máximo que puder para conseguir aportar cada vez mais, e assim você já estará a frente de muitos outros na caminhada pela Independência Financeira.

Boa semana a todos!



"Não nos tornamos ricos graças ao que ganhamos, mas com o que não gastamos"
(Henry Ford)

You May Also Like

0 comentários